Ir a Repsol

Mais que Palavras Portal de Solidariedade

Retorno

Preguntas Frequentes

1. A quem está dirigida a campanha?

A funcionários da Repsol em todo o mundo, com contrato laboral vigente até ao final do ano. Não podem participar pessoal externo e estagiários.

2. Podem apresentar projetos familiares de funcionários?

Não, terão de ser apresentados apenas por funcionários da empresa.

3. Há uma data limite para a entrega de projetos?

Este ano haverá uma convocatória única até 31 de outubro às 14:00 (GMT +2). As propostas recebidas fora de prazo não serão consideradas.

4. Tenho de enviar documentação anexa para avalizar o projeto?

É importante que a descrição do projeto esteja completa para o podermos avaliar corretamente. Para obter mais informação, consulte as bases legais

5. Que tipos de projeto podem participar?

Os projetos apresentados devem ser executados por uma entidade constituída legalmente como associação ou fundação sem fins lucrativos e devidamente registada nos organismos oficiais correspondentes; portanto, não se aceitarão projetos geridos por particulares ou por organizações não oficiais.

Com esta iniciativa, queremos contribuir para melhorar o mundo, portanto poderão apresentar-se projetos localizados em qualquer lugar do mundo, independentemente do país em que se desenvolvam.

Para obter mais informação, consulte as bases legais

6. O projeto proposto tem de ter uma duração determinada?

Apesar de se poder tratar de projetos em curso, a parte que se apresenta a MQP 2018 deverá executar-se a partir que os projetos tenham obtido seu financiamento através do “Portal Solidario”. Não se pode solicitar financiamento para gastos já incorridos, ou que foram feitos antes da finalização do prazo de apresentação dos projetos.

7. Quando e como sei se sou escolhido?

Entraremos em contacto consigo através de e-mail para lhe comunicar se o projeto foi selecionado, e serão anunciados na página web os projetos selecionados.

8. O que implica para mim que o projeto seja escolhido?

É o garante desse projeto, e será feito um seguimento ao longo do seu curso, durante o qual será o contacto entre os beneficiários e a Fundação Repsol. Isto implica uma tomada de contacto direta: possíveis entrevistas, fotos ou vídeos, etc.

9. Quando e como receberei o dinheiro?

O dinheiro será depositado na conta corrente da organização beneficiária assim que se tiver recebido toda a documentação necessária para fazer o donativo efetivo. A conta corrente deverá estar no nome da entidade beneficiária que recebe a ajuda, a conta corrente não poderá estar no nome de uma pessoa física.
Para obter mais informação, consulte as bases legais

10. Que interlocutores terei para tratar se o meu projeto for escolhido?

Quando lhe comunicarem que o seu projeto foi escolhido, irão indicar-lhe quem será a pessoa de contacto.

11. O meu projeto não cabe na página web. O que fazer?

Pode ser que os ficheiros que está a tentar anexar excedam o peso máximo estipulado. Verifique-os e tente novamente. Tenha em conta que não é necessário alargar-se muito.

12. Quem decide que projetos se escolhem?

Un Comité de Expertos compuesto por Fundación Repsol, Fundación Lealtad y Fundación SERES revisará y evaluará todos los proyectos recibidos y seleccionará 4 proyectos que se subirán al Portal Solidario.
Para obter mais informação, consulte as bases legais

13. Que critérios utiliza esse comité?

A Fundação Repsol estudará cada uma das propostas e escolherá as que melhor representam os valores promovidos pela Fundação, como a solidariedade, a integração e a proteção de coletivos vulneráveis em qualquer lugar do mundo. Nas bases detalham-se os critérios que serão tidos em conta e aqueles que se valorizarão positivamente.
Para obter mais informação, consulte as bases legais

14. Quanto tempo durará esta campanha?

Este ano haverá uma convocatória única de 1 de julho de 2019 a 31 de outubro de 2019 às 14:00 (GMT + 2)

15. Que âmbito tem a campanha?

A campanha é global. Qualquer funcionário Repsol no mundo pode participar.

16. Em que consiste a ajuda?

A ajuda será de um máximo de 10.000 € para cada projeto, independentemente do custo total do projeto. A ajuda virá da financiamento dos funcionários da Repsol através do “Portal Solidario” (máximo 5000€) e da Fundação Repsol que doará 5000€ para cada projeto esta ajuda irá para uma única entidade.

17. Como se devem apresentar os projetos?

Para apresentar o seu projeto, deve preencher completamente o formulário que está na secção “Conte-nos como melhorar o mundo”. Lembre-se de preencher todos os campos, disponibilizando os seus dados de contacto, e a informação sobre o projeto e a entidade.

18. Posso apresentar mais de um projeto?

Sim. Cada funcionário pode apresentar até um máximo de 5 projetos.

19. Podemos fazer propostas em grupo?

Sim, podem apresentar-se propostas apoiadas por mais de um funcionário, contudo, deve colocar-se apenas em nome de um funcionário, e os restantes poderão mencionar-se nos comentários.

20. O que fazer se o seu projeto for um dos selecionados?

Se o seu projeto for selecionado para fazer parte da bolsa de projetos do Portal Solidário Repsol, receberá um correio eletrónico informando-o/a em conformidade.

Em seguida, dar-se-á início a um período de votação para que os funcionários escolham os quatro projetos entre os oito finalistas que serão integrados no Portal Solidário Repsol.

Os oito projetos finalistas têm de ter a documentação indicada nas bases para poder ter a possibilidade de ser selecionados para o Portal Solidário Repsol.

Retorno